Refferencial b1
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture
  • picture

Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

Buscar no site




Enquete


Você é nosso visitante
número: 5531048

No momento existe(m)
9
pessoa(s) on-line


Edilson Soares

Artigos


Dicas de como arrasar no vestibular!
Curso do Edilson

Data: 20/04/2008



Cursinho

Fazer cursinho só vale a pena se você está disposto a freqüentar as aulas assiduamente e executar as tarefas propostas pelos professores. O simples fato de se matricular no cursinho não aprova ninguém. Assistir apenas as aulas mais interessantes também é um erro comum de alguns vestibulandos. Uma vez matriculado, o estudante deve acompanhar a grade de horários da instituição, ouvir conselhos dos orientadores e aproveitar os simulados para avaliar seu desempenho.

Muitos estudantes que apresentam ótimas colocações no vestibular nunca passaram por cursinho. Alguns são tão disciplinados que conseguem passar o dia estudando em casa. No entanto, se você já acabou o colégio e tem um ano pela frente até o próximo vestibular, o cursinho pode lhe ajudar a selecionar as matérias com maior probabilidade de cair nas provas.


Terceiro colegial

Durante o terceiro colegial, fazer cursinho pode atrapalhar quem tem a agenda muito comprometida com o colégio. Em alguns casos, passar o dia inteiro assistindo aulas pode diminuir a taxa de aprendizagem do aluno. O ideal é ter tempo para assistir aulas, fazer exercícios, ler os livros recomendados e ainda descansar. Se sua escola é mais tranqüila e não exige muita dedicação dos alunos, fazer um cursinho à tarde pode ser uma boa alternativa.


Estudar em casa

Se você passa a tarde estudando em casa, disciplina deve ser sua palavra-chave. É importante ter um espaço tranqüilo, longe das tarefas domésticas, do celular e dos problemas familiares. Caso contrário, melhor procurar uma biblioteca ou a sala de estudos do seu colégio. O melhor é fixar uma agenda, com horários reservados para descanso e lanchinhos.


Dúvidas

Use o tempo de estudo em casa para fazer exercícios, treinar redação, ler a bibliografia indicada e anotar suas dúvidas. Aproveite para tirá-las nos plantões dos cursinhos ou com professores. Não deixe acumular matéria, especialmente as que você tem mais dificuldade. Aliás, priorize os assuntos que você considera mais complicados. Ao mesmo tempo, não descuide das matérias que você tem maior facilidade. Muita gente acaba perdendo pontos garantidos por menosprezar assuntos mais fáceis durante os estudos.

Os simulados podem fornecer informações valiosas ao longo do ano. Se suas notas em matemática e física, por exemplo, são mais baixas que nas outras matérias, a recomendação é priorizar estas disciplinas.


Perfil cult

Outra dica preciosa é usar o tempo livre para atividades culturais que possam ajudar durante as provas. Ir ao cinema semanalmente, além de divertido, pode ser um bom meio de estudar história, literatura e geografia. Ler jornais e revistas também pode ajudar na redação e a estar por dentro do que acontece no Brasil e no mundo. Os vestibulares têm ficado mais modernos: estão exigindo menos fórmulas e informações específicas.

Quem tem um repertório cultural amplo acaba tendo mais chances de sucesso. E não é lendo apostilas do cursinho que o estudante adquire referências culturais. É preciso usar o fim de semana para freqüentar livrarias, ir a mostras de cinema, ao teatro e a exposições de arte.

Imprimir        Voltar






© 2012 Professor Edilson Soares - Todos os direitos reservados
Fone: (67) 9241-5095